Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2010

O pingente

Douglas acordou animado. Era fim de semana e pela janela aberta podia ver que o sol brilhava. Tomou um banho demorado e sentou-se à mesa com sua família para tomar o café. Contrariando sua frequente aversão às interações matinais, Douglas estava alegre e tagarela, contando seus planos para a noite. Mal havia terminado de falar, quando sua mãe lembra que havia chegado algo para ele mais cedo.- É presente de aniversário atrasado de sua avó de Minas – disse ela.Douglas abriu um largo sorriso. Adorava receber presente, qualquer tipo de presente, não importando o tamanho ou valor. Ficava visivelmente satisfeito. Fazia uma festa. Certa vez, quando mais novo, ganhou de sua tia um simples carrinho comprado em camelô. Não era seu aniversário nem nada. Ela apenas passou na feirinha, viu o carrinho, pensou no sobrinho e comprou para ele. Douglas arregalou os olhos, pegou o carrinho e saiu correndo pela casa gritando e mostrando pra todo mundo. Não costumava agradecer formalmente, do tipo “obriga…