Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

O porquinho

No alto de seus 80 anos, Aninha ainda possuía disposição e carinho suficientes para preparar o café-da-manhã de seu velho marido, Maurinho. Naquela manhã, ela estava especialmente feliz; cantarolava enquanto ia passando mel nas torradas. No radinho da cozinha, uma música de Roberto Carlos.Aninha e Maurinho se conheceram em 1948. Segundo ele, foi amor à primeira vista. Casaram-se em 1951. Não tiveram filhos. Sempre unidos, orgulhavam-se das décadas de cumplicidade. Eram muito queridos pela vizinhança, além de serem tomados como exemplo.Aninha, delicamente, colocou o copo de suco de laranja e as torradas com mel sob uma bandeja e resolveu agradar o marido, levando o café na cama. Maurinho não estava muito bem de saúde. Nos últimos anos, havia sobrevivido a dois derrames e um infarto no miocárdio. Também era diabético, asmático e uma tendinite o incomodava. Maurinho sentia que estava na hora de partir dessa vida.Aninha entrou no quarto cuidadosamente, e Maurinho, ao vê-la, abriu um leve …
Mais de dois meses sem postar e ainda sem nada a dizer. Ou melhor, tenho: 2011 parece que é o ano em que as configurações das coisas mudam, porém mantendo-se o ambiente. Por exemplo: estudarei no mesmo local, com os mesmo professores. Porém, agora será uma pós-graduação em vez de graduação. No campo pessoal, mesmas pessoas, porém com relações se modificando.Mas vou precisar de pelo menos uma coisa completamente nova para me ocupar também neste ano. De preferência, algo que me insira em outro ambiente e contexto e me traga novas sensações. Conhecer pessoas diferentes é um bom meio para isso. Fazer uma atividade diferente também. Os dois juntos me parece o ideal.